NOTICIAS BEATLES.

Álbum ‘Help!’ celebra 50 anos.

Beatles 37 Beatles 38 - Help! Beatles 39 - Help! Beatles 40 - The Beatles filming Help! 1965

Em 6 de agosto de 1965, começou a ser vendido “Help”, álbum dos Beatles que representa uma fase de transição para o grupo de Liverpool até a sua maturidade criativa.

John 213Paul 469

A música inicial do álbum, que o nomeia, foi escrita por John Lennon e expressa todo o seu sentimento de mal-estar e suas dúvidas frente às pressões geradas pelos fãs. Em uma das estrofes da canção, por exemplo, o guitarrista afirma: “E agora minha vida mudou de tantas maneiras. Minha independência parece estar desaparecendo na neblina”.

No entanto, o hit mais importante e célebre do disco é, sem dúvidas, “Yesterday”. Escrita por Paul McCartney, toda a melodia do “hino” teria sido composta a partir de um sonho que ele teve.

George 263Ringo 136

O músico conta que, quando acordou, correu para o piano para não se esquecer da sua nova canção e que ficou em dúvida por alguns meses se ela já existia, perguntando para grandes nomes da indústria musical se não era plágio.

Imagem1 Beatles 221 - The Beatles spent the day filming scenes for Help! at Cliveden House 1965 Beatles 218 - The Beatles spent the day filming scenes for Help! at Cliveden House  1965 Beatles 219 - The Beatles spent the day filming scenes for Help! at Cliveden House 1965 Beatles 220 - The Beatles spent the day filming scenes for Help! at Cliveden House 1965

O disco conta com outros clássicos, como “You’ve Got to Hide Your Love Away” e “Ticket to Ride”. A primeira, também escrita por Lennon, é uma homenagem a sua admiração por Bob Dylan e faz referência a um amor extraconjugal.

Beatles 654 - Help! Beatles 655 - Help! Beatles 656 - Help! Beatles 657 - Help!

Já a segunda explora novos cenários musicais, com toques mais duros e quase psicodélicos, e supera o formato clássico de três minutos de duração. Acredita-se que Lennon, amante dos jogos de palavras, chamava de “Ticket to Ride” o certificado pelo qual as autoridades de Hamburgo, na Alemanha, sabiam que as prostitutas não tinham doenças venéreas e que, por isso, podiam exercer sua profissão.

Fonte: O Tempo – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.