Arquivo mensal: setembro 2015

“From Me to You”.

Beatles 290 - The Beatles rehearsing for their Royal Variety Performance , November 1963 Beatles  276 - The Beatles at Pier Head, Liverpool, Sept 1962 Beatles 03 Beatles 07 - The Beatles pose in Liverpool's Derby Square in February 1963 Beatles 09 - The Beatles in the studio with George Martin, 1963 Beatles 22 - The Beatles 1963

Lançada em 11 de junho de 1963 (Reino Unido) e 27 de maio de 1963 (Estados Unidos). Foi o primeiro single dos Beatles a atingir o primeiro lugar em algumas das paradas britânicas, mas não teve muito sucesso nos Estados Unidos, chegando apenas ao número 41 no seu segundo lançamento em 1964.

Beatles 280

Segunda faixa lado A do álbum “A Collection Of Beatles Oldies”.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

“Helter Skelter” – “Estou com bolhas nos dedos”

The white albumJohn Lennon e Paul McCartney Abbey Road studios Londres-1968

Sem dúvida alguma, trata-se do som mais pesado que os Beatles fizeram. Haviam tentado produzir alguma coisa assim com “Rain” e “And Your Bird Can Sing”. Mas “Helter-Skelter” vai às últimas conseqüências, fazendo jus ao nome (helter-skelter é uma grande confusão e, também, montanha russa). Paul berra a letra e o backing vocal completa a excitação da faixa, que inclui guinchos e gritos não-identificados.

Album BrancoBeatles álbum branco 15Paul 177 - Paul recording the White Album, September 9th 1968.

A uma certa altura, as guitarras fazem uma escala musical e vão desaparecendo numa distorção. A bateria  de Ringo traz a música de volta por pouco tempo: vai tudo sumindo, há um momento em que parece que tudo acabou, para recomeçar outra vez, até Ringo gritar: “I’ve got blisters on my fingeers”, ou seja: “estou com bolhas nos dedos”. Também, não era para menos: a gravação inteira durou 25 minutos e meio. John está no sax e Mal Evans, no trumpete.

 

Beatles álbum branco 14Beatles álbum branco 10Beatles álbum branco 9

Quanto Charles Manson assassinou a atriz Sharon Tate e seus amigos num ritual macabro, em 1969, ele e os outros assassinos disseram ter encontrado inspiração para o crime nessa faixa. Mas John Lennon foi aos tribunais defender a música de qualquer responsabilidade em relação à insanidade alheia.

 

Por Marina Sanches @sancmarina

Fonte: S.S.

“Sexy Sadie” – “você fez todo mundo de bobo/você quebrou as regras”

John+Lennon+latejohn7 John+Lennon+studio
Os Beatles foram à Índia especialmente para ter um contato com o guru Maharishi. Estiveram em sua Academia de Meditação, ouvindo seus princípios místicos, fazendo meditação, até o dia em que souberam que ele havia tentado violentar a atriz Mia Farrow, além de andar atrás de umas e outras mulheres.
MIA-FARROW-001
Isso contrariava brutalmente todos os princípios que ele próprio apregoava. No começo os quatro estiveram em dúvida sobre a veracidade da notícia.
The white albumBeatles álbum branco 13John 376 - John Lennon in an alternate shot of the White album insert photo 1968
– Mas, quando George começou a achar que devia ser verdade, aí realmente vi que era – conta John Lennon – porque se até George chegou a desconfiar que era verdade, é porque ali tinha coisa mesmo.
Assim, no dia seguinte, comunicaram ao Maharishi que iam partir, sem dizer a razão.
– Se você é tão cósmico, você sabe por que – disse-lhe John. Ele me olhou com uma cara como se quisesse me fuzilar.
16[1]67_beatles_maharishi-mahesh_yogi_002-580x389

Então John escreveu “Sexy Sadie” sobre o Maharishi: “você fez todo mundo de bobo/você quebrou as regras”. Sua idéia inicial era escrever o nome Maharishi mesmo, mas depois resolveu ser mais sutil e o substituiu por Sexy Sadie. John faz os vocais principais e acompanha Paul e George em algumas partes do backing vocal. O piano de Paul é a marca mais forte da música, acompanhado pela guitarra distorcida de George.

 

 

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte: S.S.

NOTICIAS BEATLES – PAUL McCARTNEY

Remix de Paul McCartney e Stevie Wonder de «Ebony and Ivory»

Paul 179 -  Paul and Stevie Wonder - Ebony and IvoryPaul 231Paul 232

Passados 12 anos desde que The Beatles acabaram, e três desde o álbum final de Wings, o ex beatle Paul McCartney realizou em Abril 1982 Tug of War, em que trabalhou com o produtor George Martin e com Stevie Wonder em duas faixas.

Paul 238Paul 236Paul 234Paul 381Paul 233

Paul McCartney e Stevie Wonder, com a música «Ebony and Ivory», ficaram em número 1 no Billboard 200 por sete semanas. Para festejar, a Billboard lança agora uma premiere do remix de «Ebony and Ivory», da reedição de Tug of War, que sairá dia 2 de outubro.

O remix terá vozes adicionais e uma nova mistura que mostra mais o baixo.

Fonte: MyWay e http://www.paulmccartney.com/ – Via e-mail

Por Marina Sanches – @sancmarina.

“She Loves You”.

Lançada primeiramente no lado-A de um compacto simples no Reino Unido, em 23 de agosto de 1963, escrita por John e Paul.

John e Paul 16 John e Paul 17 John e Paul 18 - John and Paul in studio, 1964. John e Paul 19 John e Paul 22 - John Lennon and Paul McCartney recording She Loves You, July 1st, 1963.Paul e John 03Paul e John 07 - 1964Paul e John 25

“She Loves You” é considerada a precursora da Beatlemania com o surgimento dos gritos, “yeah-yeah-yeah”, dando aos Beatles, no Brasil, o título de “reis do ié-ié-ié” durante os anos 60, visto no Brasil, em janeiro de 1965, a gravadora Odeon lançou o terceiro álbum dos Beatles intitulado em Português: Os Reis do Ié, Ié, Ié que era também o título em Português do filme dos Beatles A Hard Day’s Night, no Brasil. Na canção chamam a atenção o famoso falsete “uuu” que lembra o dos Isley Brothers.

Primeira faixa lado A do álbum “A Collection Of Beatles Oldies”.

Beatles 280

A letra, no entanto, foi algo não convencional. O uso do, então irreverente, “yeah,” em vez do mais educado e próprio “yes,” era uma ‘marca’ da geração “rebelde.” A geração que quebrou o conservadorismo deixando seus cabelos crescerem, usando roupas mais e mais extravagantes, e que eventualmente chegou ao psicodelismo todo no verão de 1967.

Um engenheiro técnico do estúdio dos Beatles, Norman Smith, captou perfeitamente o espírito da letra da canção: “eu estava arrumando os microfones quando eu vi a letra pela primeira vez no ‘stand’ “:

Beatles 282 - Beatles and Norman Smith Norman Smith 01 George Martin e Norman Smith 01

“She loves you, yeah, yeah, yeah

She loves you, yeah, yeah, yeah

She loves you, yeah, yeah, yeah! ”

“Eu pensei, ‘ai meu Deus, mas que letra! Esta vai ser uma daquelas que eu não gosto.’ Mas, quando eles começaram a cantar–boom! Uau!!! Incrível!!! Eu estava na mesa de mixagem, correndo de um lado para o outro.”

Apesar ainda de outros críticos terem ridicularizado os “yeahs,” estes gritos tiveram um enorme efeito na futura imagem dos Beatles e da nova geração toda na Europa, como que no resto do mundo, eles se tornaram os “yeah-yeah-yeah” do rock’n roll!

A letra, também já mencionado acima, foi escrita na terceira pessoa, como uma pessoa dando um conselho a um amigo: “ela te ama, sim” diz a letra, que por si, demonstrava grande parte da mudança desta nova geração que apareceu nos fim dos anos de ’50s e durante os anos de ’60s. Uma geração amorosa, querendo mais a paz e o amor ao seu próximo—e os Beatles conseguiram sintetizar estes sentimentos em suas letras—o que a nova geração parecia estar sedente para ouvir. Na letra, os cantores dizem ao ‘seu amigo,’ aos gritos de alegria, que embora ele pense que ele perdeu sua namorada, acabou que ela realmente se importa por ele e ela o ama. Eles ainda aconselham ao ‘amigo’: “be glad” (Trad Pt. “ser feliz”). O “yeah yeah yeah” é a essência desta manifestação de alegria. E como mágica esta alegria radiante saiu pelos alto-falantes e se fez real aos consumidores do mundo todo.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S. – Pesquisa.

“Everybody’s Got Something To Hide Except me And My Monkey” – “Todo mundo tem alguma coisa pra esconder, exceto eu e meu macaco.”

John+Lennon (4) John+Lennon+p20927d353qJohn 105 - 1968 The Beatles begin recording Everybody's Got Something To Hide Except Me And My MonkeyJohn 125

John fez essa música em resposta a um desenho que representava Yoko como um macaco sentado em seu ombro, enfiando umas garras enormes nas costas dele. Insinuava que ela estaria secando sua capacidade de compor.

proxyyoko, John e Paul.

O enorme titulo significa o seguinte: “Todo mundo tem alguma coisa pra esconder, exceto eu e meu macaco.” Com isso, ele provavelmente queria dizer. “Nós não temos nada a esconder, Yoko me inspira e não me atrapalha na hora de compor boa música.” A canção é uma prova disso, pois é um delicioso rock’n’roll, com John nos vocais principais e acompanhando Paul no backing vocal em alguns trechos. O solo de guitarra é impecável e insólido fica por conta da sineta de George. O titulo original era “Come On Come On”.

 

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

NOTICIAS BEATLES.

Sucessos dos Beatles em versão vídeo em novembro.

Beatles 11 Beatles 21 Beatles 22 - The Beatles 1963 Beatles 36 - August 15, 1965 - The Beatles played the largest concert in history at that time in Shea Stadium, New York City. Beatles 41 - The Beatles playing various instruments in 1963. Beatles 42 -  The Beatles filming each other in 1963. Beatles 43 - San Francisco Airport, August 18, 1964. Beatles 44 - San Francisco, August 18, 1964. Beatles 45 - San Francisco, August 18, 1964. Beatles 47 - San Francisco, August 18, 1964. Beatles 48 Beatles 49 - San Francisco, August 18, 1964. Beatles 50 Beatles 51

'Beatles' at press conference in San Francisco airport.

10th January 1964:  Paul McCartney, Ringo Starr, John Lennon (1940 - 1980) and George Harrison (1943 - 2001) of British pop group The Beatles.  (Photo by Terry Disney/Express/Getty Images)

Beatles 54 Beatles 55 - Police security in action during the Beatles perfomance at the Cow Palace in San Francisco, 1964. Beatles 57 Beatles 58 - JFK Airport

Os Beatles voltam em vídeo no dia 6 de novembro, com a reedição da compilação que reúne suas 27 canções que foram número um na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, acompanhadas de seus respectivos clipes.

Os Beatles, que revolucionaram a música em menos de dez anos de atividade (1962-1970), aparecem entre os primeiros músicos “que integraram o vídeo como vetor de promoção ante a impossibilidade de estar ao mesmo tempo em diferentes partes do mundo para promover suas canções”, indicou nesta sexta-feira um comunicado das empresas Universal e Apple.

Seus sucessos eram acompanhados por mini-filmes, que foram restaurados e reunidos pela primeira vez em uma nova versão da compilação “1”, editada em 2000 com as 27 canções citadas.

Além destas 27, uma versão “Deluxe” reunirá “23 clipes suplementares, entre eles versões raras ou alternativas dos 27 títulos originais, o que oferece mais de 200 minutos através de 50 filmes, acrescenta o comunicado.

Fonte: Noticias Yahoo – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

“The Ballad of John and Yoko”.

Composta por John Lennon, lançada em compacto simples (EP) em 30 de maio de 1969 como lado A, tendo “Old Brown Shoe” de George Harrison como lado B. A gravação foi realizada em 14 de abril de 1969.

John 104 - 1968John 105 - 1968 The Beatles begin recording Everybody's Got Something To Hide Except Me And My Monkey John 106 - 1968John 125John e Paul 23 - The Beatles recorded 'Birthday' for the White Album, on this day 1968.

Em 8 de dezembro de 1968 sai o divórcio de John Lennon com Cynthia Powell, mãe de seu filho Julian Lennon. Em fevereiro de 1969 sai o divórcio de Yoko Ono com Anthony Cox, pai de sua filha Kyoko. Com isso, o caminho estava aberto para que os dois, John e Yoko, pudessem oficializar a sua união. Na Inglaterra não poderia ser, por um impedimento legal: Yoko não tinha visto de permanência no país. Tencionavam se casar no mar, a bordo de um navio, saindo de Southampton, Inglaterra, que cruzaria o Atlântico. Como não planejaram a viagem com antecedência, não puderam embarcar por falta de vagas. Tentaram ainda cruzar o Canal da Mancha em direção à Holanda, mas estavam sem os passaportes naquele instante. Então, abandonaram a idéia de núpcias no mar e foram para Paris.

12004740_10206069393165684_3229303593568856610_nJohn 155John 285

De lá, acionaram um administrador da Apple Records, Peter Brown, que os aconselhou a se casarem em Gibraltar e providenciou toda a papelada e os preparativos do casamento. Assim, ele foi realizado, no dia 20 de março de 1969. Para a lua-de-mel o casal seguiu para Paris; e após alguns dias, de carro para o hotel Amsterdam Hilton, na Holanda. Lá, eles que já haviam convocado a imprensa, anunciam o que foi chamado de “Bed-in”: um semana de protestos, sem sair da cama, por causa das guerras no mundo. Durante esses sete dias na cama, convidaram várias figuras de conhecimento público para visitá-los, sempre com a presença da imprensa mundial. Em seguida, vão para Viena, Áustria e de lá voltam para Londres, onde tinham encomendado 50 mudas de carvalho que enviariam aos pares para alguns líderes mundiais como símbolo da semente da paz.

John 367John 179 - 1968John 65 John 404 - The Beatles recorded Cry Baby Cry 1968

Baseada neste episódio, a canção tinha o seguinte refrão: “Christ you know it ain’t easy, you know how hard it can be. The way things are going, they’re going to crucify me”. (“Cristo, Você sabe como não é fácil, Você sabe quão difícil pode ser. Do jeito que as coisa vão, eles vão me crucificar”), John Lennon compôs a letra. A música atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso na Inglaterra, nos EUA e em vários países ao redor do mundo. Por causa do refrão com menção à Cristo e à crucificação, a música foi boicotado pela maioria das rádios americanas e inglesas, e proibida na Austrália.

Imagem3Paul 225 - RevolverJohn 48

Nesta gravação só John e Paul participam. Os outros dois Beatles estavam ausentes, Ringo filmando com Peter Sellers e George fora do país. John Lennon tinha pressa e por isso convenceu Paul a ir gravar junto com ele. A gravação foi realizada em uma só sessão (que durou 8 horas e meia) no dia 14 de abril de 1969. Esta foi a primeira música dos Beatles que não teve mixagem para mono; só foi produzida em estéreo

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

“Mother Nature’s Son” – “Falando da mãe natureza”.

 

Paul 779Beatles álbum branco 16Paul 400Paul 255 - abbey roadBpczmCZIgAIITxQPaul 200 - Paul McCartney added his vocal track to The Beatles A Day in the Life 1967

Nesta balada, Paul mostra sua visão da vida no campo, falando da mãe natureza num arranjo simples, com instrumentos acústicos. Sua voz é acompanhada pelo violão em dois canais e pelos bongos. Ao fundo, ele mesmo faz a batida de tímpano e a interferência das trompas é suave, não comprometendo a delicadeza do arranjo.

157d0-paul-mccartney1968The+Beatles+m6_04

“Filho da Mãe Natureza,” em sua tradução, foi escrita parcialmente na Índia, durante a meditação transcendental, inspirado por um manuscrito dado a Paul por Maharishi Mahesh Yogi, e pela ampla fauna e flora indiana, e parcialmente em Liverpool durante uma visita a casa de Jim McCartney, seu pai. O mesmo manuscrito inspirou John a escrever “Child of Nature” que mais tarde se tornaria “Jealous Guy.”

Na letra ele conta sobre um rapaz pobre, filho da Mãe Natureza e que passa o dia a cantar canções para todo mundo. A música ainda cita montanhas, córregos e campos gramados.

Segundo Paul McCartney na sua autobiografia “Many Years From Now,” de Barry Miles:

BeatlesLivrosMiles0141_312-paul

“Eu me lembro de ter escrito Mother Nature’s Son, na casa de meu pai em Liverpool. Eu geralmente o visitava e nessas visitas sentia um bom terreno para compor canções. Então essa é minha homenagem para a Mãe Natureza. Eu sempre adorei ‘Nature Boy’ de Nat King Cole, e eu sempre gostei de natureza e quando Linda e eu começamos a sair, descobrimos esse profundo amor em comum. Deve ter tido ajuda de John em alguns versos.”

 

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.