“Well Well Well”.

Canção de John lançada no álbum “John Lennon / Plastic Ono Band”.

A letra de “Well Well Well” descreve a vida diária de John com Yoko, como comer uma refeição juntos, indo para uma caminhada, e discutir eventos atuais, como “revolução” e “liberação das mulheres”. A canção também descreve o mal-estar que o casal sente durante eventos, mas que eles não podem compreender. Autores Ben Urish e Ken Bielen sugerem que este desconforto é devido a culpa que o casal sente sobre falar sobre questões, mas ter o luxo de decidir se deve ou não tomar medidas.

Uma linha da canção refere-se a Yoko Ono como “ela estava tão linda que eu poderia comê-la.” O crítico de música Wilfrid Mellers interpreta esta linha como evidência de um ” impulso canibal” para a música. No entanto, crítico Johnny Rogan acredita que é mais provável simplesmente uma referência a sexo oral. É usada na música uma linha um pouco diferente: “ela estava tão linda que eu poderia…”. Esta é uma variação de uma frase comumente usada significa “Extremamente belo; esteticamente agradável.”.

Instrumentação para “Well Well Well” é fornecido por John, Klaus Voormann e Ringo Starr atuando como um poderoso trio com John na guitarra, Voorman no baixo e Ringo na bateria. Urish e Bielen sugerem que a guitarra de John é uma influência no punk rock. O crítico de música Johnny Rogan comenta sobre a “batida do bumbo”, juntamente com a guitarra de John faz “Well Well Well” a canção “mais pesada e mais alto” da Plastic Ono band.  Autor John Blaney descreve a faixa de ritmo como “pulsante”, alegando que “ecoa as batidas dos corações”.

O canto de John varia entre suave e feroz. Na seção do meio grita o título da canção com particular abandono. Autores Chip Madinger e Mark Páscoa chamam isso de “o mais torturador canto da carreira de John”. Atribui Mellers os gritos da frase título no final da canção “à histeria da criança, traumaticamente uivando para o seio materno”, como resultado da terapia de John e Yoko, por Arthur Janov da “terapia do grito primal”, momento que ele escreveu a canção.

 

 

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte; S.S.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.