Arquivo mensal: agosto 2016

“TICKET TO RIDE”.

John e Ringo 8Help 6BcCgAbACcAE3oigHelp!

Beatles esquiando nos Alpes, fazendo as trapalhadas devidamente esperadas de “bons moços levados da breca”. A cena é muito bonita e a música, impecável. Foi lançada antes do LP, em compacto. Os gritos de John são perfeitos para o lamento (embora a letra não seja das mais profundas, a garota que o está deixando louco vai partir. Mais uma vez). Os solos de George e Paul são históricos.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

“C Moon”.

Canção pop com uma batida reggae, escrito por Paul e Linda McCartney e executada pelos Wings. Foi lançada como Lado A  com “Hi Hi Hi”, em 1972. Com a proibição de “Hi Hi Hi” no Reino Unido, “C Moon” se tornou um hit top cinco. Ela foi incluída em 1987 nos sucessos compilação de Paul, “All the Best!”.

O nome “C Moon” foi inspirada por letras da canção “Wooly Bully”, de Sam the Sham e os faraós Paul disse: “Há uma linha em [Wooly Bully] que diz:” Não vamos ser L7. Bem, L7, foi explicado no momento, significa um L coloca em conjunto com 7 você terá um quadrado … Então pensei na ideia de colocar um C e uma lua em conjunto (uma meia-lua) para obter o oposto de um quadrado. Assim, “C Moon ‘significa legal, em outras palavras”.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

BEATLES DIA A DIA.

26 de agosto de 1964

Em Hollywood, Os Beatles visitam o Whisky A Go GO acompanhados da atriz Jane Mansfield (“The Girl Can’t Help it”). Em seguida, viajam até Denver onde se apresentam ao vivo no Red Rock Stadium.

Os Beatles visitam o Whisky A Go GO 2 Os Beatles visitam o Whisky A Go GOBeatles 218 -Whisky A Go GO

Fonte: The Beatles Diary.

Por Marina Sanches – @sancmarina

BEATLES DIA A DIA.

26 de agosto de 1963

Concerto dos Beatles no Odeon Cinema em Southport. Entre as outras atrações, Cilla Black faz sua primeira grande aparição ao vivo em palco.

63.10.15southport Beatles (and others) Live in Southport Beatles and SouthportBeatles e Cilla BlackBrian Epstein and Cilla Black

Fonte: The Beatles Diary.

Por Marina Sanches – @sancmarina

“YOU’RE GOING TO LOSE THAT GIRL”.

Beatles 50 - Recording 'Beatles for Sale', Autumn 1964.Beatles 37Twickenham Studios em Londres Help! 2Twickenham Studios em Londres Help! 1

Canção composta por John e lançada no álbum Help!, de 1965.

Foi a última canção gravada antes do início das filmagens de Help!. Na letra o rapaz diz a seu “amigo” que, se ele não valorizar sua namorada, ele vai “certamente tomá-la” dele. Usando a conhecida batida Twist dos Beatles e variações de acordes doo-wop bem familiares, o vocal principal de John é seguido por respostas de Paul e George em harmonias vocais entusiásticas, oferecendo um último vislumbre do estilo musical dos primeiros tempos dos Beatles.

No filme eles estão gravando essa canção em estúdio. Mal acabam de cantar, o técnico avisa que vai ser preciso regravar, pois há um estranho zumbido no fundo. A câmara mostra em close uma serra elétrica que está terminando de cortar no chão um circulo em torno de Ringo e sua bateria, esclarecendo o porquê do zumbido. Antes que ele se de conta, porém, cai com bateria e tudo. Mas não sai machucado. É claro que nosso herói sempre vai conseguir escapar.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

NOTICIAS BEATLES.

“Quatro mensageiros de paz na música do século XX trazem em sua essência aquilo que a banda apresentou ao seu público. Os Beatles representaram uma revolução cultural que, através da música popular, mudou o rumo dos acontecimentos do século XX.

É possível encontrar muitas novidades introduzidas por eles na cultura de massa. Por exemplo, eles foram o primeiro grupo de rock a fazer um concerto num estádio; foram os primeiros a gravar um álbum; os primeiros a introduzir elementos de espiritualidade na cultura popular; mas principalmente foram os primeiros cantores que nas letras das músicas falavam de um amor diferente, do amor romântico, e usaram técnicas quase mágicas para difundir uma mensagem de paz universal em plena guerra fria.”

Os Beatles tem muito a nos ensinar, e preservar sua obra é uma das nossas metas. Difundir entre os mais jovens esta riqueza cultural e atemporal!

METRALHAS – BEATLES PARA PAIS & FILHOS

DIA: 23/10 NO TEATRO FERNANDA MONTENEGRO

INGRESSOS A VENDA

WHATS: 9988-6762 / FACE: METRALHASBEATLESAGAIN

ACEITAMOS TODOS OS CARTÕES

GARANTA O SEU!

Carol Passos

14079671_1313173912028568_2080712072640757374_n

 

Fonte: Renato Scaramella Junior – Via Facebook.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

NOTICIAS BEATLES – AMANHÃ.

Beatlemania Experience -The Beatles Biography.

Mais do que exposição, uma verdadeira imersão na vida dos quatro rapazes de Liverpool

Beatles 207 - The Beatles with Atlanta Mayor Ivan Allen in August 1965.Beatles 206 - Paul, Ringo and George speak to the media before The Beatles concert in Atlanta on Aug. 18, 1965. Starr is holding a key to the city.Beatles 204Beatles 205 - concert in Atlanta on Aug. 18, 1965

The Beatles on stage at the London Palladium during a performance in front of 2, 000 screaming fans. (Photo by Michael Webb/Getty Images)

Viajar pela história dos Beatles de uma forma absolutamente original e inédita é o que propõe este evento, criado por brasileiros, que será inaugurado em agosto em São Paulo.

Que tal mergulhar por inteiro na incrível trajetória dos Beatles, a maior banda de todos os tempos, de um jeito nunca proposto anteriormente? Essa é a ambiciosa proposta do Beatlemania Experience, evento que será inaugurado no dia 24 de agosto, no Shopping Eldorado, em São Paulo.

Não se trata de apenas mais uma exposição com memorabilia, itens raros e imagens da carreira dos Fab Four, embora também traga isso em sua programação. O objetivo é fazer com que os visitantes façam uma imersão total nos momentos mais importantes da biografia de John, Paul, George e Ringo, valendo-se de elementos capazes de levá-los a uma viagem no tempo e espaço.

A ideia da Beatlemania Experience surgiu em 2013 e foi criada pela empresa de produção de conteúdo Let It Be, integrada por Christian e Rodrigo Tedesco, da casa de espetáculos Tom Brasil e Carlos “Branco” Gualberto, da Branco Produções.

Dentro de uma tenda com mais de 2.000 metros quadrados, estarão 10 (dez) alas principais e outras transitórias, nas quais serão recriados momentos decisivos da história dos Beatles. Réplicas de roupas e instrumentos, memorabilia, capas de revistas e jornais da época, muitas fotos inéditas, filmes, vídeos e totens interativos são alguns dos elementos presentes, mas não é só isso.

Serão muitas as surpresas para os fãs da banda de Liverpool. Logo de cara, teremos a minuciosa recriação da área externa da Igreja St. Peter e do caminhão onde a banda “The Quarrymen” tocou em 1957, ocasião em que John Lennon, líder daquele grupo, conheceu Paul McCartney, a semente que iria gerar os Beatles.

O maior show da carreira da banda ocorreu em 1965 nos EUA, no Shea Stadium, em Nova York, perante mais de 50 mil pessoas, recorde para um show musical na época. Essa apresentação, um momento histórico na carreira dos Beatles, foi recriada na exposição por um filme de realidade virtual, que conduzirá os visitantes ao melhor assento do estádio e os fará se sentirem na plateia daquela empolgante performance, uma das mais mitológicas de todos os tempos.

O filme “Yellow Submarine” será revivido em uma odisseia em 4D, viagem imersiva na qual os visitantes serão conduzidos dentro de um submarino lúdico a atravessar inebriantes mares imaginários.

 

A apresentação no topo do prédio, que era a sede da gravadora Apple (“The Rooftop Concert”), em 1969, o último realizado pelos Beatles e imortalizado no filme “Let It Be”, será devidamente recriada em uma das alas.

E muito mais será oferecido ao espectador: o Cavern Club, onde eles tocaram 292 vezes na antevéspera do estouro mundial, as apresentações na TV americana, as turnês mundiais e os estúdios de Abbey Road. Estará tudo lá, para uma mais do que mágica e misteriosa tour.

Além dos vídeos, fotos, textos e totens interativos, a exposição diferenciada terá em alguns dias apresentações da All You NeedIs Love, considerada uma das melhores bandas tributo dos Beatles, que toca com instrumentos e roupas no melhor estilo sixties. Até as carreiras solo pós Beatles de cada um deles terão seu espaço no evento.

Para os beatlemaníacos que estão fora da capital paulista, a Stella Barros – agência de viagens oficial do evento – preparou roteiros exclusivos com clima de Liverpool na cidade.

Beatlemania Experience conta com os patrocínios das empresas: Cultura Inglesa, Smiles, Shopping Eldorado, Stella Barros Turismo, Getty Images, entre outras.

A Getty Images, líder mundial em comunicação visual, também é patrocinadora da iniciativa, colocando à disposição da mostra 19 mil arquivos digitalizados sobre os Beatles. As imagens e vídeos fazem parte do Hulton|Archive, o maior acervo de arquivo do mundo, com mais de 80 milhões de registros. Uma das alas da exposição, inclusive, será de responsabilidade da empresa, que proporcionará aos fãs da banda uma experiência interativa por momentos inesquecíveis da trajetória do quarteto.

“Estamos muito entusiasmados em ser um dos parceiros da Beatlemania Experience, uma vez que temos em nosso arquivo imagens incríveis da carreira de John, Paul, George e Ringo, e estamos certos de que nosso conteúdo sem igual contribuirá para que os visitantes tenham uma experiência memorável. Para nós é uma honra poder dividir tudo isso com o imenso público da exposição”, afirma Renata Simões, Gerente de Marketing da Getty Images no Brasil.

A curadoria ficou a cargo do jornalista Ricardo Alexandre, a arquitetura por Vasco Caldeira (Artifício Arquitetura Exposições), a produção por Case Imagine, a cenografia por Gaia e também conta com a consultoria de gente muito ligada ao tema. Serão mais de 200 profissionais trabalhando para concretizar o evento.

O melhor exemplo dessa consultoria especial é a cantora e fotógrafa Lizzie Bravo, que na segunda metade dos anos 1960 teve contato direto com os Beatles, ficando amiga do grupo e inclusive participando da gravação original da música “Across The Universe”. Ela lançou recentemente o livro “Do Rio a Abbey Road”, com fotos que fez naqueles anos incríveis, hoje recordações históricas daquela era de ouro do pop.

 

Fonte: Portal da Propaganda – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.