Arquivo mensal: agosto 2016

NOTICIAS BEATLES – AMANHÃ.

Beatlemania Experience -The Beatles Biography.

Mais do que exposição, uma verdadeira imersão na vida dos quatro rapazes de Liverpool

Beatles 207 - The Beatles with Atlanta Mayor Ivan Allen in August 1965.Beatles 206 - Paul, Ringo and George speak to the media before The Beatles concert in Atlanta on Aug. 18, 1965. Starr is holding a key to the city.Beatles 204Beatles 205 - concert in Atlanta on Aug. 18, 1965

The Beatles on stage at the London Palladium during a performance in front of 2, 000 screaming fans. (Photo by Michael Webb/Getty Images)

Viajar pela história dos Beatles de uma forma absolutamente original e inédita é o que propõe este evento, criado por brasileiros, que será inaugurado em agosto em São Paulo.

Que tal mergulhar por inteiro na incrível trajetória dos Beatles, a maior banda de todos os tempos, de um jeito nunca proposto anteriormente? Essa é a ambiciosa proposta do Beatlemania Experience, evento que será inaugurado no dia 24 de agosto, no Shopping Eldorado, em São Paulo.

Não se trata de apenas mais uma exposição com memorabilia, itens raros e imagens da carreira dos Fab Four, embora também traga isso em sua programação. O objetivo é fazer com que os visitantes façam uma imersão total nos momentos mais importantes da biografia de John, Paul, George e Ringo, valendo-se de elementos capazes de levá-los a uma viagem no tempo e espaço.

A ideia da Beatlemania Experience surgiu em 2013 e foi criada pela empresa de produção de conteúdo Let It Be, integrada por Christian e Rodrigo Tedesco, da casa de espetáculos Tom Brasil e Carlos “Branco” Gualberto, da Branco Produções.

Dentro de uma tenda com mais de 2.000 metros quadrados, estarão 10 (dez) alas principais e outras transitórias, nas quais serão recriados momentos decisivos da história dos Beatles. Réplicas de roupas e instrumentos, memorabilia, capas de revistas e jornais da época, muitas fotos inéditas, filmes, vídeos e totens interativos são alguns dos elementos presentes, mas não é só isso.

Serão muitas as surpresas para os fãs da banda de Liverpool. Logo de cara, teremos a minuciosa recriação da área externa da Igreja St. Peter e do caminhão onde a banda “The Quarrymen” tocou em 1957, ocasião em que John Lennon, líder daquele grupo, conheceu Paul McCartney, a semente que iria gerar os Beatles.

O maior show da carreira da banda ocorreu em 1965 nos EUA, no Shea Stadium, em Nova York, perante mais de 50 mil pessoas, recorde para um show musical na época. Essa apresentação, um momento histórico na carreira dos Beatles, foi recriada na exposição por um filme de realidade virtual, que conduzirá os visitantes ao melhor assento do estádio e os fará se sentirem na plateia daquela empolgante performance, uma das mais mitológicas de todos os tempos.

O filme “Yellow Submarine” será revivido em uma odisseia em 4D, viagem imersiva na qual os visitantes serão conduzidos dentro de um submarino lúdico a atravessar inebriantes mares imaginários.

 

A apresentação no topo do prédio, que era a sede da gravadora Apple (“The Rooftop Concert”), em 1969, o último realizado pelos Beatles e imortalizado no filme “Let It Be”, será devidamente recriada em uma das alas.

E muito mais será oferecido ao espectador: o Cavern Club, onde eles tocaram 292 vezes na antevéspera do estouro mundial, as apresentações na TV americana, as turnês mundiais e os estúdios de Abbey Road. Estará tudo lá, para uma mais do que mágica e misteriosa tour.

Além dos vídeos, fotos, textos e totens interativos, a exposição diferenciada terá em alguns dias apresentações da All You NeedIs Love, considerada uma das melhores bandas tributo dos Beatles, que toca com instrumentos e roupas no melhor estilo sixties. Até as carreiras solo pós Beatles de cada um deles terão seu espaço no evento.

Para os beatlemaníacos que estão fora da capital paulista, a Stella Barros – agência de viagens oficial do evento – preparou roteiros exclusivos com clima de Liverpool na cidade.

Beatlemania Experience conta com os patrocínios das empresas: Cultura Inglesa, Smiles, Shopping Eldorado, Stella Barros Turismo, Getty Images, entre outras.

A Getty Images, líder mundial em comunicação visual, também é patrocinadora da iniciativa, colocando à disposição da mostra 19 mil arquivos digitalizados sobre os Beatles. As imagens e vídeos fazem parte do Hulton|Archive, o maior acervo de arquivo do mundo, com mais de 80 milhões de registros. Uma das alas da exposição, inclusive, será de responsabilidade da empresa, que proporcionará aos fãs da banda uma experiência interativa por momentos inesquecíveis da trajetória do quarteto.

“Estamos muito entusiasmados em ser um dos parceiros da Beatlemania Experience, uma vez que temos em nosso arquivo imagens incríveis da carreira de John, Paul, George e Ringo, e estamos certos de que nosso conteúdo sem igual contribuirá para que os visitantes tenham uma experiência memorável. Para nós é uma honra poder dividir tudo isso com o imenso público da exposição”, afirma Renata Simões, Gerente de Marketing da Getty Images no Brasil.

A curadoria ficou a cargo do jornalista Ricardo Alexandre, a arquitetura por Vasco Caldeira (Artifício Arquitetura Exposições), a produção por Case Imagine, a cenografia por Gaia e também conta com a consultoria de gente muito ligada ao tema. Serão mais de 200 profissionais trabalhando para concretizar o evento.

O melhor exemplo dessa consultoria especial é a cantora e fotógrafa Lizzie Bravo, que na segunda metade dos anos 1960 teve contato direto com os Beatles, ficando amiga do grupo e inclusive participando da gravação original da música “Across The Universe”. Ela lançou recentemente o livro “Do Rio a Abbey Road”, com fotos que fez naqueles anos incríveis, hoje recordações históricas daquela era de ouro do pop.

 

Fonte: Portal da Propaganda – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Anúncios

BEATLES DIA A DIA

23 de agosto de 1965

O filme “Help!” estréia em Nova York.

Twickenham Studios em Londres Help!Twickenham Studios em Londres Help! 2Twickenham Studios em Londres Help! 1HelpHelp!!Help 8Help 7Help 3Help 4Help 1Au secours Help Annee 1965 UK Eleanor Bron Ringo Starr The Beatles Realisateur Richard LesterEleanor Bron e JohnBealtes Help! 9Bealtes Help! 7

 

 

Fonte: The Beatles Diary.

Por Marina Sanches – @sancmarina

“It’s So Hard”.

 

Canção escrita e interpretada por John, apareceu pela primeira vez em seu álbum de 1971 Imagine. Pouco depois do lançamento do álbum, a canção foi lançada como lado B-da música “Imagine”. No México foi lançado em um EP com “Imagine”, “Oh My Love” e  “Gimme Some Truth “. Em 1986, uma performance ao vivo de 30 de agosto de 1972 foi lançado no álbum ao vivo de Lennon Live in New York City.

De acordo com o autor John Blaney, a letra de “It’s So Hard” representa um resumo da luta de John com os problemas da vida. A letra descreve uma das atitudes de John em relação à vida, queixando-se das dificuldades e a necessidade de comer e amar, observando que às vezes as coisas ficam tão difícil que ele quer parar de tentar. Ele só encontra consolo com sua amante. Autor Andrew Grant Jackson interpreta a canção como demonstrando a dificuldade em conseguir a utopia visão em sua canção “Imagine”, que foi lançado como o lado A da música incluindo “It’s So Hard”, devido ao trabalho penoso da vida cotidiana. A canção incorpora duplo sentido, refere-se ao sexo oral no final da canção. Mesmo a frase título “It’s So Hard” serve como um duplo sentido sexual quando usado na parte da canção que descreve quando o cantor está com sua amante e as coisas são boas.

“It’s So Hard” foi gravado entre maio e junho de 1971, em Ascot Sound Studios, Ascot e Record Plant Oriental, New York. Foi a primeira canção gravada em Ascot, uma vez que foi considerado um bom teste para a novo estúdio.

 

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte:S.S. – Pesquisas.

“ANOTHER GIRL” – “Bons moços”.

Paul 182 - Paul McCartney filming Help! in the Bahamas, 1965.68478_10151391821985659_492101394_n66406_479363802114523_85677128_nBUm1v2zCYAAAQ6RHELP!

Canção composta por Paul, canção escrita enquanto estava de férias em um resort na Tunísia.

Os quatro cantam nas Bahamas, ao ar livre, e Paul brinca de tocar no corpo de uma moçoila de biquíni. A cena poderia até ser erótica, mas tudo que os Beatles faziam, até então, era revestido da maior inocência – afinal, eram “bons moços”. O que só serviria para aumentar o choque das declarações de Paul à revista Life de que fazia uso de drogas, assim como da foto de John e Yoko em nu frontal e dorsal. É a primeira vez que Paul toca guitarra solo numa gravação e o solinho final da faixa mostra que ele deveria continuar.

 

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte: S.S.