Arquivo mensal: março 2017

NOTICIAS BEATLES – PAUL McCARTNEY

Paul McCartney trabalha em novo álbum com produtor de Adele.

Paul revelou que está trabalhando em um novo álbum com Greg Kurstin, o produtor que ajudou a cantora britânica Adele a lançar seu hit “Hello”.

Em entrevista a uma rádio neste fim de semana, o músico disse que está “no meio” de um novo álbum, o primeiro desde 2013, e detalhou que trabalha com Kurstin, coautor da balada ao piano de Adele que se tornou um sucesso mundial.

O produtor também trabalhou com a cantora australiana Sia e com o ícone do rock alternativo Beck.

“Minha única preocupação é que as pessoas digam ‘Ah, lá está Paul, com o sucesso do mês’”, disse McCartney na entrevista à BBC Radio 6 Music.

“Eu acho que você sempre pensa o pior disso, mas ele é um cara ótimo”, disse McCartney. Estou “trabalhando duro, fazendo o que eu amo fazer”, acrescentou.

Paul aos 74 anos, disse que não lhe preocupa a imagem que deixará, aludindo às mortes recentes de lendas como David Bowie e Prince.

Paul disse que  John, certa vez lhe pediu que garantisse seu legado depois que ele morresse.

“Foi curioso, porque eu nunca teria imaginado que John tinha sequer um pouco de insegurança sobre isso. Mas é uma coisa que preocupa as pessoas. Você pensa, o que eles vão dizer? Eles vão pegar suas piores críticas ou as suas melhores coisas?”, refletiu o músico.

“Felizmente, isso não importará, porque eu não estarei aqui”, completou.

Paul também fez uma homenagem a Chuck Berry, a estrela pioneira do rock ‘n’ roll da década de 1950, que morreu em 18 de março, aos 90 anos.

“Nós copiamos muito do seu estilo de guitarra, ele era uma enorme influência”, disse Paul

“Para mim, suas letras são como a poesia americana. Elas captam esse espírito do ensino médio, o rock ‘n’ roll, os carros”, acrescentou.

O clássico dos Beatles “Come Together” foi inspirado em “You Can’t Catch Me” de Berry, o que gerou uma disputa com a gravadora do roqueiro.

Fonte: Terra – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Anúncios

“Mind Games” – Álbum – John Lennon.

Álbum de estúdio de John, lançado em 1973. A obra marca o início da separação de John e Yoko Ono que durou catorze meses e o fim do ativismo político de John.

Em meados de 1973, John e Yoko mudaram-se para o edíficio Dakota que ficava na mesma cidade que eles já moravam desde 1971, em Nova York. Poucos meses após a mudança John e Yoko resolveram se separar. Mind Games (Jogos da Mente) significa brincar com o psique de uma pessoa. No caso, John sugere o uso da tática para fins pacifistas, influenciando as pessoas à visualizarem um futuro positivo. Ideologicamente sugerindo um exercito de civis, que ele chama de guerrilheiros da mente, que o povo se tornaria caso utilizasse a tática

Após escrever as músicas para o álbum, John iniciou as gravações e começou a namorar sua assistente, May Pang, com a aprovação de Yoko Ono. Durante as gravações, John e May resolveram partir para Los Angeles para o fim de semana que John chamou de “fim de semana perdido” (que durou dezoito meses). No período, John e May moraram em casas de amigos como Ringo Starr, Harry Nilsson e Keith Moon (do The Who). Bebia demais e teve vários problemas relacionados com a bebida, inclusive brigas em bar. John também teve vários relacionamentos com outras mulheres.

O álbum foi lançado em novembro de 1973, seu maior sucesso foi a música título, “Mind Games”. A capa do álbum trouxe John andando na frente de um perfil de Yoko Ono simbolizando uma montanha como se John estivesse andando longe da sua influência.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

NOTICIAS BEATLES – PAUL McCARTNEY

Paul fala sobre como gostaria de ser lembrado: “Não importa, porque não estarei aqui”

Nesta quinta-feira (23), Paul McCartney esteve na BBC Radio 6 para falar, principalmente, sobre o relançamento de seu álbum “Flowers In The Dirt”, lançado originalmente em 1989.

Durante os pouco mais de 20 minutos de entrevista, porém, o músico ainda falou sobre outros assuntos: John Lennon, Chuck Berry, o que aprendeu com cada parceria musical e, de forma despreocupada, sobre como gostaria de ser lembrado pelas pessoas.

Depois de falar sobre o impacto de Chuck Berry, que faleceu no último sábado (20), foi perguntado a McCartney se ele pensa em como será lembrado, em relação a homenagens, como aconteceu recentemente com Bowie, Prince e Berry. Na resposta, o músico afirmou:

 

“Sabe, acho que todos pensam sobre isso, mas logo tiram da sua cabeça. Sabe, eu faço isso. Não costumo ir muito a fundo. E é engraçado, eu lembro de John, uma vez, preocupado se ele seria bem lembrado. E eu disse, ‘olhe para mim, você será muito lembrado. Você fez tantas coisas boas. De forma alguma alguém vai esquecer de você. Você foi ótimo’, mas foi engraçado, sabe. Ninguém pensava que John teria insegurança sobre isso. Mas acho que as pessoas costumam ter. Você pensa que vão pegar seus piores trabalhos e falar deles, ou vão pegar suas melhores criações, não sei. Felizmente, isso não vai importar, porque eu não estarei aqui. Mas eu quero cavalos pretos, pessoas chorando, bebendo [risadas]. Não, eu não me preocupo com isso”.

E que não tenhamos que pensar nisso por muitos e muitos anos, hein, Sir Paul McCartney?

Fonte: Pop Cultura – Via e-mail

Por Marina Sanches – @sancmarina.

“Ringo Rama”.

É o décimo terceiro álbum de estúdio de Ringo, lançado em 2003.

Como em I Wanna Be Santa Claus (1999), continua a aliança de Ringo com Mark Hudson, assim como a maioria de seus colaboradores do último projeto. Não se afastando muito de sua fórmula, contratou os serviços de alguns de seus famosos amigos músicos para Ringo Rama. Irritado que Mercury não tinha posto promoção suficiente em I Wanna Be Santa Claus, Ringo deixou a gravadora em 2000. Contribuição desta vez incluem Willie Nelson, Charlie Haden, Van Dyke Parks, Pink Floyd ‘s David  Gilmour, Shawn Colvin , Timothy B. Schmit e Eric Clapton. A disponibilidade de Gilmour e Clapton era o fato de viver perto, como ele comentou: “As pessoas perguntavam:” Então, quem está no disco? “E nós dizíamos:” Apenas um par de caras locais. Você sabe, como Eric Clapton e Dave Gilmour. “Porque ambos vivem ao virar da esquina.” Gravação tinha tido lugar no estúdio de gravação de Ringo em Londres, Rocca Bella e Hudson’s Whatinthewhatthe? Studios em Los Angeles, com as sessões sendo produzido por Ringo, Hudson e Gary Nicholson.

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte: S.S.

BEATLES DIA A DIA.

17 de março de 1973

O Melody Maker estampa em sua capa a manchete: “Os Beatles gravam de novo”. A matéria se refere ao rumor de que John, George e Ringo estariam gravando juntos em Los Angeles. De fato, os três tocam em “I’m The Greatest” que John compôs para Ringo.

George 102 John 395Ringo 5George e Ringo 17

Fonte: The Beatles Diary.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

NOTICIAS BEATLES – PAUL McCARTNEY

Paul continua batalha para recuperar direitos sobre canções dos Beatles.

Imagem1

Paul McCartney, que espera há décadas para recuperar a propriedade das canções dos Beatles, deveria esperar um pouco mais em vez de ir adiante com sua ação civil contra a Sony/ATV Music nos Estados Unidos, disse a empresa alvo do processo.

Em um documento apresentado ao tribunal de Manhattan na segunda-feira, um advogado da Sony/ATV disse que a companhia jamais contestou a validade das notificações de Paul, que pedem que a Sony/ATV ceda os direitos autorais das canções a partir de outubro de 2018.

Como resultado, a ação apresentada pelo músico em 18 de janeiro “busca sem permissão um aconselhamento sobre uma reivindicação hipotética” e deveria ser recusada por ora, escreveu o advogado Donald Zakarin.

Os advogados de Paul não comentaram de imediato nesta terça-feira.

Em 1985, Paul McCartney, hoje com 74 anos, fez uma oferta pelos direitos de canções creditadas a ele e a John Lennon, como “I Want to Hold Your Hand”, “Yesterday” e “Hey Jude”, mas Michael Jackson deu um lance maior.

Estes direitos foram incorporados uma década mais tarde pela Sony/ATV, uma joint venture da Sony Corp. No ano passado o espólio de Michael vendeu sua parte à Sony por 750 milhões de dólares.

Paul entrou com o processo um ano e meio depois de um tribunal do Reino Unido rejeitar reivindicações semelhantes do Duran Duran contra a Gloucester Place Music, uma unidade da Sony/ATV, dizendo que os contratos do grupo pop são governados pela lei britânica e impedindo seus integrantes de exigir sua posse.

Zakarin disse que as reivindicações do ex-Beatle também estão sujeitas à lei britânica e que ele deveria esperar a conclusão do processo do Duran Duran, mas Paul quer que a corte declare que ele não viola nenhum contrato exercendo seus direitos de

encerramento contratual. Seu caso poderia afetar outros artistas que assinaram contratos fora dos EUA.

Fonte Acritica – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

NOTICIAS BEATLES – PAUL McCARTNEY

Paul McCartney Vai Lançar K7 No Record Store Day.

Paul McCartney vai lançar em exclusivo no Record Store Day, que acontece no dia 22 de Abril, a K7 “Flowers In The Dirt – The Cassette Demos With Elvis Costello”. Na cassete estã as músicas “I Don’t Want To Confess”, “Shallow Grave” e “Maid”.

Paul-McCartney-Flowers-In-The-Dirt-The-Cassette-Demos-With-Elvis-Costello

As faixas feitas em parceria com Elvis Costello foram gravadas em 1989, na Inglaterra, durante o processo de composição do álbum “Flowers In The Dirt”. A edição limitada da K7 será lançada pela primeira vez.

Fonte: Superfm – Via e-mail.

Por Marina Sanches – @sancmarina.