Arquivo mensal: abril 2018

“CURIOSIDADES SOBRE PAUL McCARTNEY – FINAL”.

 

Em 4 de junho de 2012, Paul fez o show de encerramento da festa do Jubileu de Diamante da rainha Elizabeth II. Cantando em frente ao Palácio de Buckingham, ele apresentou clássicos de seu repertório, como “Let it be” e “Live and let die”.

 

 

 

 

Fonte: “THE BEATLES: THE BIOGRAPHY”, DE BOB SPITZ | “PAUL MCCARTNEY: MANY YEARS FROM NOW”, DE BARRY MILES | “FAB: AN INTIMATE LIFE OF PAUL MCCARTNEY”, DE HOWARD SOUNES | “THE COMPLETE BEATLES CHRONICLE:THE DEFINITIVE DAY-BY-DAY GUIDE TO THE BEATLES’ ENTIRE CAREER”, DE MARK LEWINSHON

Por Marina Sanches – @sancmarina.

BEATLES DIA A DIA

30 de abril de 1999

Paul lança sua primeira exposição de quadros em Hamburgo, Alemanha.

Fonte: The Beatles Diary.

Por Marina Sanches – @sancmarina

BEATLES DIA A DIA

30 de abril de 1969

Gravação do solo de guitarra de “Let It Be” da versão lançada em compacto (e “Past Masters Vol. 2”). John e Paul gravam vocais e efeitos para “You Know My Name (Look Up The Number)”. Disputa entre os Beatles e a ATV pelo controle da Northern Songs Ltd.

Fonte: The Beatles Diary.

Por Marina Sanches – @sancmarina

“Sentimental Journey (álbum de Ringo Starr)”.

downloadRingo 58Ringo 89 - Sentimental Journey Ringo 90Ringo 96Ringo 93Ringo 97

É o álbum de estúdio por Ringo Starr, lançado em 1970, como a banda estava se separando. Embora Ringo foi o terceiro membro do grupo a fazer trabalho solo (depois de George Harrison e John Lennon), Sentimental Journey é notável por ser o primeiro não-avant-garde álbum de estúdio por um membro da banda, à luz do experimental, trilha sonora ou lançamentos ao vivo seus companheiros de banda já havia anteriormente mencionados. Paul McCartney ‘s estréia, McCartney, seguiria três semanas após Sentimental Journey. A gravação do álbum foi concluída no início de março de 1970, com Sentimental Journey foi lançado algumas semanas mais tarde para evitar confronto nas lojas com o último álbum iminente dos Beatles Let It Be, em maio.

Ringo 92

“Eu me perguntava: o que devo fazer com a minha vida agora que acabou? Fui criado com todas essas músicas, você sabe, minha família costumava cantar essas canções, minha mãe e meu pai, minhas tias e tios. Eles foram minhas primeiras influências musicais. Então eu fui ver George Martin e disse:”. “Vamos fazer um álbum, e para torná-lo interessante vamos ter todos os arranjos feitos por pessoas diferentes”

– Ringo Starr

Sentimental Journey

Night & Day

Whispering Grass (Don’t Tell The Trees)

Bye Bye Blackbird

I’m A Fool To Care

Stardust

Blue Turning Grey Over You

Love Is A Many Splendoured Thing

Dream

You Always Hurt The One You Love

Have I Told You Lately That I Love You

Let The Rest Of The World Go By

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte:S.S.

BEATLES A MAIOR REVOLUÇÃO DA MÚSICA – “SGT, PEPPER’S LONELLY HEARTS CLUB BAND”.

A MAIOR REVOLUÇÃO DA MÚSICA.

“Aceite o gentil convite desses quatro cabeludos, desses quatro bandoleiros do rock. Não resista: eles querem contar como mudaram a história do século 20.”
Na sala de concertos, a orquestra da uma última afinada em seus instrumentais.  A platéia murmura, ansiosa, à espera da nova criação do grande Mestre. De repente, irrompem guitarras feéricas, acompanhadas pela forte marcação da bateria. A voz de Paul berra do fundo do fundo da garganta anunciando a Banda do Sargento Pimenta. Só então a cortina se abre e a banda entra em cena, provocando gargalhadas de prazer no público. Os quatro se apresentam:
– Somos a Banda do Clube dos Corações Solitários do Sargento Pimenta…
Todos em êxtase. O grande Mestre – que se chamam Beatles – mais uma vez não decepcionou ninguém. Pelo contrário, surpreendeu o mundo com um trabalho que mudaria definitivamente o curso da música contemporânea.
Não há dúvida de que foi também um marco divisório na carreira do próprio grupo. O mais impressionante, porém, é que a música popular nunca mais foi a mesma depois desse disco e todos os pop stars queriam fazer também seus álbuns conceituais – como se Sgt. Pepper’s fosse apenas isso. Até aquele momento, o álbum era nada mais nada menos que o melhor trabalho dos melhores do mundo – e muitos o consideram até hoje o ponto máximo da carreira dos Beatles, inclusive John Lennon:
– Sgt. Pepper’s é o primeiro de todos. Foi um pico. Paul e eu estávamos  realmente trabalhando juntos quando o fizemos.
Beatles 34 - The photo session for the Sgt. Pepper cover took place 1967 Beatles 42 - OnThis Day 30-03 in 1967 the #Beatles were photographed for the cover of 'Sgt Pepper'Beatles 167 - Sgt. Pepper photo shoot, 1967Beatles 366Beatles 375 - March 30, 1967 the photo shoot for the 'Sgt. Pepper' album cover.George 62 - After 700 hours of work The Beatles finished Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band 1967Beatles 328 - The Beatles recording - Sgt. Pepper - 1967.Beatles 34 - The photo session for the Sgt. Pepper cover took place 1967Beatles 42 - OnThis Day 30-03 in 1967 the #Beatles were photographed for the cover of 'Sgt Pepper'Beatles 272 - The Beatles recording Sgt. Pepper, 1967Beatles 174 - Sgt Pepper's 1967Beatles 200 - March 3rd, 1967 – Recording - mixing session for - Sgt Pepper - Lucy in the Sky.Geroge Martin e Beatles em Sgt. Pepper's. 2

SGT. PEPPER’S LONELY HEARTS CLUB BAND.

John Lennon: Guitarra solo e backing vocal.

Paul McCartney: Baixo e vocais principais.

George Harrison: Guitarra solo e backing vocal.

Ringo Starr: Baterista

George Martin: Orgão
images (1)Beatles 68 (2)Beatles 95Beatles 373 - Maarch 30, 1967 the photo shoot for the 'Sgt. Pepper' album cover.Beatles 124 - Beatles Sgt. Pepper's sessionsBeatles 325 - The Beatles recording - Sgt. Pepper - 1967.Beatles 326 - The Beatles recording - Sgt. Pepper - 1967.Beatles 327 - The Beatles recording - Sgt. Pepper - 1967.
A Banda do Sargento Pimenta faz sua entrada triunfal.
Aqui, os Beatles acentuam o que haviam feito em “Rain” cerca de um ano antes, ou seja: utilizam guitarras pesadas em primeiro plano e não só como mero acompanhamento. Também é aqui que começa a brincadeira com estéreo: o coro começa no canal esquerdo, movendo-se para o centro. Quando Paul canta pela segunda vez, sua voz entra no canal direito. Foi essa canção que deu inicio a toda a história da Banda do Sargento Pimenta.
Paul seu autor, lembra do começo:
Paul 413Paul 525 - Paul McCartney recording - Sgt. Pepper - 1967Paul 524 - Paul McCartney recording - Sgt. Pepper - 1967
– Eu estava pensando em boas frases, como Sargent Pepper, Lonelly Hearts Club Band e as duas vieram juntas, não sei por quê.  Essa banda é um pouco de banda de metais, mas um pouco de banda de rock também, porque tem aquela coisa de São Francisco.
É ele quem faz os vocais principais, além de acompanhar John e George no corinho. Os metais e os órgãos, que tem mais destaque no final, caracterizam bem a banda a que Paul se referiu. A canção termina com a apresentação do cantor Billy Shears e emenda na faixa seguinte. Ringo começa a cantar “With a Little Help From my Friends” como se fosse ele o tal de Billy Shears.
– Ringo é Billy Shears – explica Paul. – Aconteceu durante a produção do Sgt. Pepper’s. Billy Shears foi um nome que imaginamos para rimar com ‘years’. Achamos que era um ótimo nome, tipo Eleanor Rigby, e introduzia a faixa de Ringo. Para nós foi apenas uma maneira de apresentar a faixa seguinte.

 

Por –  Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

 

“#9 Dream” – JOHN LENNON

Canção escrita por John e incluída no álbum de 1974 Walls and Bridges. Foi publicado como um segundo single do álbum em janeiro de 1975, com a música “What You Got” como o rosto B.

 

Ela representa fascínio uma continuação de John com o número 9 e a influência sobre sua vida depois da música “Revolution 9”, incluído no álbum branco dos Beatles. Os coros do assunto são interpretados por May Pang, companheiro sentimental de John durante o período conhecido como “Fim de Semana Perdido”.

 

De acordo com Pang, “# 9 Dream” teve dois títulos provisórios: “So Long Ago” e “Walls and Bridges”. Além disso, Pang disse que a frase repetida no refrão da canção, “Ah! Böwakawa poussé, poussé” foram o resultado de um sonho de John e não têm nenhum significado especial. John adaptaria e organizaria o tema em busca de seu sonho, adicionando um título e uma atmosfera específica, incluindo um violoncelo no fundo da música. Em uma entrevista, John afirmaria que a música era composta pelo espírito de “habilidade” e não por inspiração real.

 

O arranjo de cordas que inicialmente contribuiria para o tema “Many Rivers to Cross”, de Harry Nilsson, acabaria fazendo parte do “# 9 Dream”.

O número 9 repete-se indefinidamente ao longo da vida de John, alcançando um significado metafísico para o próprio Lennon. Algumas das anedotas que contribuem para enaltecer o número 9 como chave na vida de Lennon são as seguintes:

 

“# 9 Dream” alcançou o número 9 nas paradas dos EUA.

John nasceu em 09 de outubro como como 1940 .

Seu filho Sean John nasceu em 9 de outubro de 1975, dia do trigésimo – quinto aniversário de John.

Brian Epstein faria para a primeira vez John e os Beatles no The Cavern em 9 de novembro como como 1961 e assinar um contrato com a EMI ‘s 9 como maypole como 1962 .

John conheceu Yoko Ono em 09 de novembro como como 1966 .

A capa de Walls and Bridges mostra uma foto de John, feita na idade de onze anos, com um jogador de futebol vestindo o número 9 na parte de trás de sua camisa.

Além de “# 9 Dream”, John escreveria as músicas “Revolution 9” e “One After 909”.

Os duas pessoas mais importantes na vida de John, Paul McCartney e Yoko Ono, nascido em 18 de junho e 18 fevereiro, dando datas 9 para dividir suas figuras.

John foi assassinado às 10:50 horas do dia 8 de dezembro de 1980, em 9 de dezembro , em sua terra natal por causa da diferença de tempo.

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte: S.S. e pesquisa.