Arquivo mensal: abril 2018

“CURIOSIDADES SOBRE PAUL McCARTNEY – 19”.

Em 2008 Paul tocou pela primeira vez em Israel. Em 1965 os Beatles tinham um show marcado para Tel Aviv, mas os vistos foram cancelados junto com a turnê, pois o governo considerava a banda uma ameaça à moral dos jovens israelenses.

 

 

Fonte: “THE BEATLES: THE BIOGRAPHY”, DE BOB SPITZ | “PAUL MCCARTNEY: MANY YEARS FROM NOW”, DE BARRY MILES | “FAB: AN INTIMATE LIFE OF PAUL MCCARTNEY”, DE HOWARD SOUNES | “THE COMPLETE BEATLES CHRONICLE:THE DEFINITIVE DAY-BY-DAY GUIDE TO THE BEATLES’ ENTIRE CAREER”, DE MARK LEWINSHON

Por Marina Sanches – @sancmarina

“Ooh Baby (You Know That I Love You)” – GEORGE HARRISON

Música de George Harrison, lançada em 1975 em seu álbum Extra Texture (Read All About It). George escreveu a composição como uma homenagem ao cantor americano Smokey Robinson, que ele identificou como um dos seus vocalistas e compositores favoritos. A canção foi planejada como uma peça complementar ao sucesso de Robinson em 1965 com o Miracles, “Ooo Baby Baby”, e sua inclusão no Extra Texture contribuiu para a posição do álbum como o álbum de soul music de George. Sua imitação do célebre estilo vocal de Robinson na faixa, incluindo trechos cantados em falsete, contrastava com o canto rouco e distorcido de laringite de George em sua turnê norte-americana de 1974 e o disco mal recebido de Dark Horse.

 

George gravou “Ooh Baby” no A & M Studios em Los Angeles entre abril e junho de 1975, com apoio dos músicos de rock Jesse Ed Davis, Gary Wright, Klaus Voormann e Jim Keltner. Além disso, a gravação apresenta uma seção de trompete overdubbed compreendendo Tom Scott e Chuck Findley. O tom sombrio e o ritmo lento da música refletem o humor abatido de George, após as críticas de sua turnê no ano anterior. Em parte como resultado dessas qualidades solenes, a faixa é considerada em baixa consideração por vários críticos de música. Alguns comentaristas, em vez disso, destacam “Pure Smokey”, lançado no álbum Thirty Three & 1/3 (1976) de George, como o mais efetivo de seus tributos a Robinson.

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte: S.S.

“CURIOSIDADES SOBRE PAUL McCARTNEY – 18”.

 

65 – Mary, a primeira filha, é uma famosa fotógrafa. A filha Stella é uma respeitada designer de moda. O filho James também músico e chegou a ser cogitado para um projeto de banda cover dos Beatles, com a participação dos filhos dos músicos originais.

66 – Paul produziu um disco pro irmão, Michael McCartney, que assinava Mike McGear. Não fez muito sucesso. Leave it.

 

67 – Paul entrou no Hall da Fama do Rock duas vezes: Em 1988 com os Beatles e em 1999 como artista solo.

 

68 – Quando o World Trade Center foi derrubado em 11 de setembro de 2001, ele estava em um avião pronto para decolar em Nova York. Foi forçado a ficar na cidade e organizou um concerto para as vítimas da tragédia no Madison Square Garden, com a participação de Elton John, David Bowie, Pete Townshend, Eric Clapton e Mick Jagger.

 

Fonte: “THE BEATLES: THE BIOGRAPHY”, DE BOB SPITZ | “PAUL MCCARTNEY: MANY YEARS FROM NOW”, DE BARRY MILES | “FAB: AN INTIMATE LIFE OF PAUL MCCARTNEY”, DE HOWARD SOUNES | “THE COMPLETE BEATLES CHRONICLE:THE DEFINITIVE DAY-BY-DAY GUIDE TO THE BEATLES’ ENTIRE CAREER”, DE MARK LEWINSHON

Por Marina Sanches – @sancmarina.