“Grey Cloudy Lies” – George Harrison

Canção de George lançado no álbum Extra Texture de 1975 (Read All About It). George  escreveu em 1973 durante um período que ele caracterizou como seus anos “impertinentes”, coincidindo com o fracasso de seu casamento com Pattie Boyd e sua divergência do caminho ascético de sua fé alinhada pelos hindus. Ele retornou à música dois anos depois, quando se encheu de desânimo e insegurança em resposta às severas críticas que sua turnê norte-americana de 1974 com Ravi Shankar e Dark Horse recebeu de vários críticos musicais.

George gravou “Grey Cloudy Lies” em Los Angeles em um momento em que seu desencanto foi aumentado pelo uso excessivo de cocaína. A faixa tipifica o som sombrio e orientado ao teclado do Extra Texture, em comparação com as guitarras multipista típicas do trabalho anterior de George como artista solo. Além das contribuições musicais de David Foster, Jesse Ed Davis e Jim Keltner, a gravação apresenta George interpretando várias partes dos sintetizadores ARP e Moog. A música recebeu comentários desfavoráveis ​​de vários críticos, e particularmente de alguns dos biógrafos espirituais de George. Um desses Dale Allison, descreve a faixa como uma “oferta implacavelmente desanimada”, enquanto o autor Ian Inglis a vê como uma canção de “grande encanto, energia e beleza”.

Por Marina Sanches – @sancmarina

Fonte: S.S.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.