NOTICIAS BEATLES

Nova colaboração cinematográfica entre os Beatles e o aclamado realizador da Academia Sir Peter Jackson.

Londres – 30 de janeiro de 2019 – A Apple Corps Ltd. e a WingNut Films Ltd. têm o orgulho de anunciar uma nova e empolgante colaboração entre os Beatles e o aclamado diretor Sir Peter Jackson, vencedor do Oscar. O novo filme será baseado em cerca de 55 horas de filmagens nunca lançadas dos The Beatles no estúdio, filmadas entre 2 de janeiro e 31 de janeiro de 1969. Essas sessões de estúdio produziram o álbum vencedor do Grammy Let The Let, com seu Oscar. canção título vencedora. O álbum acabou sendo lançado 18 meses depois, em maio de 1970, vários meses após a banda ter terminado.

As filmagens foram originalmente planejadas para um especial de TV, mas organicamente transformado em algo completamente diferente, culminando com a lendária performance dos Beatles no telhado do escritório da Apple em Savile Row, em Londres – que aconteceu exatamente há 50 anos hoje.
Peter Jackson disse: “As 55 horas de imagens inéditas e 140 horas de áudio disponibilizadas para nós garantem que este filme será a melhor experiência  com a qual os fãs dos Beatles há muito sonham – é como uma  máquina do tempo nos transportando de volta a 1969, e nós nos sentamos no estúdio vendo esses quatro amigos fazerem ótimas músicas juntos. ”


Embora os Beatles tenham sido filmados extensivamente durante a década de 1960 – em concertos, entrevistas e filmes – esta é a única filmagem de qualquer nota que os documenta no trabalho no estúdio.
O álbum e o filme Let It Be, que foram lançados nos meses seguintes ao rompimento dos The Beatles, foram frequentemente vistos no contexto da luta que a banda estava passando naquela época.

“Fiquei aliviado ao descobrir que a realidade é muito diferente do mito”, continua Jackson, “depois de rever todas as filmagens e áudio que Michael Lindsay-Hogg filmou 18 meses antes de se separarem, é simplesmente um incrível tesouro histórico. Claro, há momentos de drama – mas nenhuma das discórdias com as quais esse projeto está associado há muito tempo. Assistir John, Paul, George e Ringo trabalharem juntos, criando músicas clássicas do zero, não é apenas fascinante – é engraçado, edificante e surpreendentemente íntimo ”.

Jackson trabalhará com seus parceiros They Shall Not Grow Old, a produtora Clare Olssen e o editor Jabez Olssen. As filmagens serão restauradas pelo Park Road Post de Wellington, Nova Zelândia, em um padrão impecável, usando técnicas desenvolvidas para o documentário da Primeira Guerra Mundial, que foi indicado para um BAFTA de melhor documentário.

O filme sem título está atualmente em produção e a data de lançamento será anunciada no devido tempo. Este filme está sendo produzido com a colaboração de Sir Paul McCartney, Sir Ringo Starr, Yoko Ono Lennon e Olivia Harrison.

Os produtores executivos são Ken Kamins, da WingNut Films, e Jeff Jones, e Jonathan Clyde, da Apple Corps.

Após o lançamento deste novo filme, uma versão restaurada do filme original de Let It Be, dirigido por Michael Lindsay-Hogg, também será disponibilizada.

Fonte: THEBEATLES.COM – Via e-mail.
Por Marina Sanches – @sancmarina.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.