Arquivo mensal: agosto 2020

I Don’t Wanna Face It – John Lennon

Canção composta e gravada por John, originalmente incluída em seu álbum Milk and Honey (1984).

É provavelmente a canção mais antiga e à qual John dedicou mais tempo do que muitos incluídos em sua última obra editada. Foi gravado em 1980 durante as sessões de Double Fantasy , mas ele já havia ensaiado antes no final dos anos 1970.

Foi escrita em 1977; no final daquele ano, John gravou uma série de demos caseiras dele, junto com várias outras canções que ele estava trabalhando durante seus 5 anos como “chefe de família”.

As demos caseiras de John foram basicamente feitas em seu violão e às vezes incluíam uma bateria eletrônica como back-up. Nessas gravações, o músico costumava se apresentar com um sotaque cômico, sugerindo que ele não considerava a mensagem particularmente séria ou formal.

Outras demos foram gravadas durante as férias de John nas Bermudas em junho de 1980, numa época em que ele estava pensando em voltar a se apresentar a público. Ele se sentiu rejuvenescido com a viagem, e a maioria de suas canções tinha um ar de positividade palpável.

“I Don’t Wanna Face It”, no entanto, datava de seus primeiros trabalhos solo. Frases como “Digamos que você esteja procurando um pouco de paz e amor / Líder de uma grande banda antiga / Você quer salvar a humanidade / Mas são pessoas que você simplesmente não suporta” (“Digamos que você esteja procurando um pouco de paz e amor / líder de uma banda antiga / Você quer salvar a humanidade? / Mas essas são pessoas que eu simplesmente não suporto “) poderia ter vindo direto de John Lennon / Plastic Ono Band (1970) ou Imagine (1971), e encontrado Lennon expondo um lado de seu personagem que ele manteve escondido por anos.

Apesar de seu aparente interesse pela musica, John considerou dar a Ringo Starr para seu álbum Can’t Fight Lightning , que foi finalmente lançado em 1981 como Stop and Smell the Roses . Embora Ringo tenha recebido uma cópia da demo das Bermudas, após a morte de John em 1980, ele se sentiu incapaz de gravar a música.

Em 1981, foi relatado que Julian Lennon estava pensando em gravar “I Don’t Wanna Face It” depois que o assistente de seu pai, Fred Seaman, deu a ele uma cópia da fita das Bermudas. Eventualmente, Yoko Ono evitou que isso acontecesse, provavelmente porque ela pretendia lançar uma das gravações de John ela mesma.

“I Don’t Wanna Face It” foi gravada no estúdio Hit Factory em Nova York em agosto de 1980, como uma das primeiras canções tentadas durante as sessões de Double Fantasy . Uma versão alternativa foi posteriormente apresentada no box set da Antologia de John Lennon de 1998 , bem como na excelente coleção de material inédito Wonsaponatime .

A conclusão alternativa de John na guitarra foi mais tarde usada para a transição entre ” I’m Losing You ” e “I’m Moving On” Ono (tecnicamente anexado), quando eles apareceram em Double Fantasy.

Por Marina Sanches

Fonte: Pesquisa

FILMOGRAFIA BEATLES – 01.

ALL THIS AND WORLD WAR II – 1976

 Beatles 222 - ALL THIS AND WORLD WAR II – 1976 Beatles 223 - ALL THIS AND WORLD WAR II – 1976 Beatles 224 - ALL THIS AND WORLD WAR II – 1976

D – Susan Winslow.

Cor, P/B-88 min.

Um bizarro documentário  justapõe algumas canções dos Beatles (interpretadas pelos Bee Gees, Tina Turner, Leo Sayer, Bryan Ferry, Frank Vallli e Elton John) com imagens da Segunda Guerra Mundial.

BEATLEMANIA – 1981

Beatles 225 - BEATLEMANIA – 1981 Beatles 226 - BEATLEMANIA – 1981

D – Joseph Manduuke

Elenco – Mich Weissman, Tom Teeley, David Leon, Ralph Castelli.

Cor – 95 min.

O musical que fez muito sucesso no teatro transferido para o cinema. Quatro músicos vestidos e cantando como os Beatles ou quase.

BIRTH OF THE BEATLES – 1979

Beatles 227 - BIRTH OF THE BEATLES – 1979 Beatles 228 - BIRTH OF THE BEATLES – 1979 Beatles 229 - BIRTH OF THE BEATLES – 1979 Beatles 230 - BIRTH OF THE BEATLES – 1979 Beatles 231 - BIRTH OF THE BEATLES – 1979 Beatles 232 - BIRTH OF THE BEATLES – 1979

D – Richard Marquand

Elenco – Stephen Machenna, Rod Culvertson, John Altman.

Co – 104 min.

Focaliza o periodo que vai da formação dos Beatles até o começo do sucesso. Embora os Beatles tenham tentado impedir a produção deste filme feito para TV americana, o resultado não é mau. Muitos sucessos dos Quatro Cabeludos são interpretados por um conjunto chamado Rain.

 

BORN TO BOOGIE – 1972

Beatles 233 - BORN TO BOOGIE – 1972 Beatles 234 - BORN TO BOOGIE – 1972 Beatles 235 - BORN TO BOOGIE – 1972 Beatles 236 - BORN TO BOOGIE – 1972

Musicians Ringo Starr and Marc Bolan (1947 - 1977) during the making of the Apple Corps concert film 'Born to Boogie', 1972. (Photo by Estate Of Keith Morris/Redferns/Getty Images)

Musicians Ringo Starr and Marc Bolan (1947 – 1977) during the making of the Apple Corps concert film ‘Born to Boogie’, 1972. (Photo by Estate Of Keith Morris/Redferns/Getty Images)

Beatles 238 - BORN TO BOOGIE – 1972 Beatles 239 - BORN TO BOOGIE – 1972

D – Ringo Starr.

Elenco – Marc Bolan, T. Rex, Ringo Starr.

Cor – 67 min.

Documentário sobre Bolan o T. Rex, onde Ringo usou um estilo semelhante ao de Magical Mystery Tour.

CANDY – 1968

Beatles 240 - CANDY - 1968 Beatles 241 - CANDY - 1968 Beatles 242 - CANDY - 1968 Beatles 243 - CANDY - 1968 Beatles 244 - CANDY - 1968 Beatles 245 - CANDY - 1968 Beatles 246 - CANDY - 1968 Beatles 247 - CANDY - 1968 Beatles 248 - CANDY - 1968

D – Christian Marquand.

Elenco – Ringo Starr, Ewa Aulin, Marlon Brando, Richard Burton, Walter Matthaw, Elsa Martineli, John Huston, Anita Pallenberg.

Cor – 124 min.

Candy (Ewa Aulin) é uma inocente garota que, enquanto se aventura em busca da verdade espiritual, vai sendo seduzida por uma galeria de tipos. Ringo Starr faz o papel de um jardineiro mexicano. Trilha sonora de Steppenwolf e Byrds.

CAVEMAN – 1980

Beatles 249 - CAVEMAN – 1980 Beatles 250 - CAVEMAN – 1980 Beatles 251 - CAVEMAN – 1980

CAVEMAN, Ringo Starr, Barbara Bach, 1981, (c) United Artists

CAVEMAN, Ringo Starr, Barbara Bach, 1981, (c) United Artists

Beatles 253 - CAVEMAN – 1980 Beatles 254 - CAVEMAN – 1980

CAVEMAN, Ringo Starr, John Matuszak, 1981, (c) United Artists

CAVEMAN, Ringo Starr, John Matuszak, 1981, (c) United Artists

D – Carl Gottieb

Elenco – Ringo Starr, Barbara Bach.

Cor – 91 min.

Atouk (Starr) é um homem das cavernas que abandona a sua tribo para formar a sua própria sociedade pré-histórica, que depois acaba descobrindo a música através de uma inesperada jamsession na Idade da Pedra.

Fonte: Revista Três Editores.

 Por Marina Sanches – @sancmarina