Arquivo da tag: Lovely Rita

LOVELY RITA METER MAID – Mulheres do parquímetro

1967 1 1967  11 Beatles Sgt.

Nos Estados Unidos e Inglaterra existem aparelhos chamados parking meters (parquímetros) instalados junto ao meio-fio, que controlam o tempo que um carro permanece estacionado. Quem estaciona perto deles deve colocar um número determinado de moedas, de acordo com o tempo que vai demorar. O controle da operação é feito por moças, que são chamadas, na Inglaterra, de parking meter women (mulheres do parquímetro). Daí, Paul conta de onde surgiu lovely Rita:

3932829892_31b94c867d 3977816263_a19190942f
– Eu estava brincando no piano, em Liverpool, quando alguém veio e me disse que nos Estados Unidos as mulheres do parquímetro são chamadas de meter maids (mais ou menos de donzelas do medidor). Achei aquilo demais e criei “Lovely Rita Meter Maid”. Ia ser uma canção de ódio: ’You took my car away and I’m so blue today’ (você levou meu carro embora e estou tão triste hoje). Ninguém ia gostar dela. Depois achei melhor amá-la, ainda mais se ela fosse meio maníaca e andasse com a bolsa no ombro, com um jeito meio militar. Ela pisa forte, mas é legal.
Assim, Rita é adorável, apesar de controlar o estacionamento dos carros. O pente com papel foi usado para produzir o som “cha-cha-cha” (talvez, por falta de reco-reco na Inglaterra). O pianinho do meio da canção é feito por George Martin. No final, é Paul quem toca piano, num estilo jazzístico que seria repetido em “Magical Mystery Tour”. Logo que Rita sai de cena, o galo canta.

Por Marina Sanches

“LOVELY RITA” – “RITA É ADORÁVEL!”

Paul de bigodeAlbum BrancoBeatles 47 - A Day In The LifeBeatles 199 - March 3rd 1967Beatles 124 - Beatles Sgt. Pepper's sessions

Nos Estados Unidos e Inglaterra existem aparelhos chamados parking meters (parquímetros) instalados junto ao meio-fio, que controlam o tempo que um carro permanece estacionado. Quem estaciona perto deles deve colocar um número determinado de moedas, de acordo com o tempo que vai demorar. O controle da operação é feito por moças, que são chamadas, na Inglaterra, de parking meter women (mulheres do parquímetro). Daí, Paul conta de onde surgiu Lovely Rita:

Beatles she's leaving homeBeatles 177

– Eu estava brincando no piano, em Liverpool, quando alguém veio e me disse que nos Estados Unidos as mulheres do parquímetro são chamadas de meter maids (mais ou menos de donzelas do medidor). Achei aquilo demais e criei “Lovely Rita Meter Maid”. Ia ser uma canção de ódio: ’You took my car away and I’m so blue today’ (você levou meu carro embora e estou tão triste hoje). Ninguém ia gostar dela. Depois achei melhor amá-la, ainda mais se ela fosse meio maníaca e andasse com a bolsa no ombro, com um jeito meio militar. Ela pisa forte, mas é legal.

Assim, Rita é adorável, apesar de controlar o estacionamento dos carros. O pente com papel foi usado para produzir o som “cha-cha-cha” (talvez, por falta de reco-reco na Inglaterra). O pianinho do meio da canção é feito por George Martin. No final, é Paul quem toca piano, num estilo jazzístico que seria repetido em “Magical Mystery Tour”. Logo que Rita sai de cena, o galo canta.

Por Marina Sanches – @sancmarina.

Fonte: S.S.

“LOVELY RITA”.

Beatles 188Beatles 195 - February 24th, 1967 - Studio Session for Lovely RitaBeatles 362 - recorded 'Fixing a Hole' on this day 1967Beatles 199 - March 3rd 1967

Nos Estados Unidos e Inglaterra existem aparelhos chamados parking meters (parquímetros) instalados junto ao meio-fio, que controlam o tempo que um carro permanece estacionado. Quem estaciona perto deles deve colocar um número determinado de moedas, de acordo com o tempo que vai demorar. O controle da operação é feito por moças, que são chamadas, na Inglaterra, de parking meter women (mulheres do parquímetro). Daí, Paul conta de onde surgiu lovely Rita:

Beatles 177

– Eu estava brincando no piano, em Liverpool, quando alguém veio e me disse que nos Estados Unidos as mulheres do parquímetro são chamadas de meter maids (mais ou menos de donzelas do medidor). Achei aquilo demais e criei “Lovely Rita Meter Maid”. Ia ser uma canção de ódio: ’You took my car away and I’m so blue today’ (você levou meu carro embora e estou tão triste hoje). Ninguém ia gostar dela. Depois achei melhor amá-la, ainda mais se ela fosse meio maníaca e andasse com a bolsa no ombro, com um jeito meio militar. Ela pisa forte, mas é legal.

Assim, Rita é adorável, apesar de controlar o estacionamento dos carros. O pente com papel foi usado para produzir o som “cha-cha-cha” (talvez, por falta de reco-reco na Inglaterra). O pianinho do meio da canção é feito por George Martin. No final, é Paul quem toca piano, num estilo jazzístico que seria repetido em “Magical Mystery Tour”. Logo que Rita sai de cena, o galo canta.

Por Marina Sanches @sancmarina.

Fonte: S.S.